LUTO – Itália tem registro de 475 mortes com coronavírus em um só dia

De acordo com o balanço da Defesa Civil, foram 475 óbitos registrados, o que eleva total de vítimas para 2.978

Nesta quarta-feira, 18 de março, a Itália registrou o maior número de mortes em um único dia desde o início da epidemia do novo coronavírus no país. De acordo com o balanço da Defesa Civil, foram 475 óbitos registrados, o que eleva total de vítimas para 2.978 (aumento de 19% na quantidade de mortos no país).

Em contrapartida, o o número de pacientes curados subiu 37% e chegou a 4.025. Até o momento, a Itália registrou 35.713 pessoas já contaminadas dzpelo novo coronavírus, o que representa um aumento de 4.207 indivíduos em um único dia. “É necessário conter os deslocamentos ao máximo”, disse o chefe da Defesa Civil, Angelo Borrelli, em coletiva de imprensa em Roma.

Porém, apesar de um valor grande em termos absolutos, o crescimento proporcional de contágio em relação a 17 de março (+13,35%) ficou abaixo da média de evolução da epidemia no dia 28 de fevereiro (21,73%).

Do total de 28.710 contágios ativos, 14.363 pessoas estão internadas com sintomas, 12.090 estão em isolamento domiciliar, e 2.257 estão em terapia intensiva. Já as mortes se concentram sobretudo na Lombardia (1.959), epicentro da epidemia na Itália, e na vizinha Emilia-Romagna (458).

Coronavírus no Brasil

pandemia de coronavírus fez com que governo federal, estados e municípios anunciassem diversas medidas para tentar conter a transmissão da doença no Brasil. Isso afeta escolas e universidades, transporte público, serviços de saúde, comércio, órgãos públicos e eventos.

Na noite desta quarta-feira, 18 de março, o Ministério da Saúde confirmou 428 infectados com o novo coronavírus. Além dos casos já confirmados, o Ministério da Saúde contabilizava na terça-feira 8.819 casos suspeitos, 1.890 casos descartados e 18 pessoas hospitalizadas (7% do total).

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabardo, afirmou que não mudará agora o critério adotado na fase de mitigação, e só as pessoas com casos graves serão testadas.

Na sexta-feira, 13 de março, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou que os países apliquem testes em massa para descobrir quem está infectado e isolar esses pacientes para “achatar a curva” da disseminação da doença Covid-19.

A quarta morte pela nova doença foi registrada em São Paulo nesta quarta-feira. Paraíba registrou o primeiro caso confirmado de infecção pelo vírus.

O governo federal, que disse ter comprado kits da Fiocruz para 30 mil testes nos laboratórios públicos, disse que o objetivo da medida é economizar testes para as pessoas com complicações.

 

 

ATENÇÃO
O site https://www.oportunidadesaqui.com.br (Oportunidades Aqui), não atua com nenhum tipo de contratação, servimos como ponte entre plataforma de divulgação e contratante. Nosso site não envia qualquer tipo de curriculum para as empresas, isto deve ser feito pelo próprio usuário caso haja interesse na vaga, não cobramos mensalidades ou qualquer tipo de taxa do usuário, a plataforma é e SEMPRE SERÁ 100% gratuita.

Deixe um comentário